Projeto Ecológico de Longa Duração

Sítio Parque Nacional do Catimbau

Grupo do PELD Catimbau realiza atividades de Educação Ambiental e de divulgação do projeto nas comunidades próximas ao Parque

January 25, 2017

Dar um retorno às comunidades locais onde pesquisas foram realizadas é um dos objetivos principais de projetos de conservação como o PELD Catimbau. Pensando assim, nos dias 06 e 07 de dezembro de 2016, um projeto liderado pelo Pós-doutorando Xavier Arnan, financiado pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Pernambuco e pela Rufford Foundation, foi responsável por uma série de atividades educacionais e de divulgação de resultados do projeto PELD/PRONEX no município de Buíque, principal cidade dentro do Parque Nacional do Catimbau. Além do pesquisador, as atividades contaram com a presença da Profª Drª Inara Leal, supervisora do pós-doutorando, e de vários alunos de pós-graduação e iniciação científica vinculados ao Laboratório de Interação Planta-Animal (UFPE) coordenado pela professora.

Todas as atividades foram realizadas na Escola Municipal Antônio Sampaio e contaram com materiais previamente preparados pelos integrantes do projeto. Construídos com uma linguagem não técnica, com objetivo de aproximar as comunidades locais, os materiais didáticos enfocaram a importância das formigas para a provisão de serviços como dispersão de sementes e controle de pragas. O grupo produziu itens como (1) uma revista em quadrinhos sobre formigas cortadeiras e sua importância no funcionamento de ecossistemas, (2) uma maquete representado áreas conservadas e perturbadas de Caatinga que existem no Parque, (3) um jogo de tabuleiro gigante intitulado "A fortuna da Caatinga", onde os participantes deveriam responder perguntas relacionadas à biodiversidade, pressão antrópica e serviços prestados pelas formigas às plantas e (4) cartazes com principais resultados do grupo de formigas dentro do projeto PELD para a divulgação nas escolas, associação de moradores e de profissionais ligados ao turismo e às dependências do Parque em geral. 

 

No primeiro dia, as atividades foram voltadas a cerca de 50 estudantes de 10 a 14 anos, visando estimular os alunos a refletirem sobre aspectos físicos e biológicos da Caatinga, bem como entender como as atividades antrópicas afetam o ambiente e os organismos. As atividades consistiram de escutar músicas relacionadas à biodiversidade da Caatinga, a reconhecer os organismos e suas ameaças em uma maquete ilustrativa e, por fim, verificar o que foi compreendido pelos alunos com o jogo de tabuleiro. O segundo dia foi focado no público adulto, onde os pesquisadores apresentaram seus principais resultados a cerca de 30 pessoas, entre eles, moradores da região, guias e condutores turísticos e gestores e outros funcionários do Parque. A apresentação foi seguida de um debate sobre a importância deste tipo de estudo e os benefícios para a população local de modo que se procure uma conciliação entre o uso dos recursos naturais do Parque e a conservação da biodiversidade e das funções e serviços que a Caatinga oferece.

 

Nós entendemos a importância de disseminar nosso conhecimento com a população residente nessa unidade de conservação, tanto como estratégia educativa como de conservação da biodiversidade. O grupo sentiu uma boa receptividade nas atividades realizadas e tem uma boa convicção de que conseguiram estimular a atenção da população quanto à importância dos organismos (pelo menos as formigas, grupo foco dos pesquisadores) para a saúde da Caatinga, do qual são dependentes. Esperamos também que os gestores do Parque, através dessa atividade, tomem nota e possam tomar decisões que diminuam os efeitos das perturbações na biodiversidade, funcionamento e estabilidade do ecossistema.

 

 

Grupo: Dr. Xavier Arnan, Profª Drª Inara Leal, Luiz Romário, Samarina Fernandes, Wellton Lupercinio, Carolina Oliveira, Lucas Lima e Msc. Francisco Lima Jr.

 

 

 Fotos: Francisco Lima Jr.

 

Tags:

Please reload

Posts Em Destaque

Pesquisador do Peld Catimbau lança guias para a identificação de sementes do Parque Nacional do Catimbau

November 12, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo